Skip to main content

Sintomas de Falta de Vitamina B12 no Corpo

A vitamina B12 é uma daquelas coisas que a maioria de nós nem lembram! Se não recebermos o suficiente, alguns problemas sérios de saúde podem acontecer.

Um relatório publicado no American Journal of Clinical Nutrition, diz que cerca de 6% das pessoas com idades de 60 ou mais, são deficientes de vitamina B12, em países como os do Reino Unido e nos Estados Unidos.

Mas outros estudos mostram que um em cada quatro adultos nos EUA podem ser deficientes em B12.

Claramente, mais pessoas deveriam estar pensando na vitamina B12 em suas dietas!

Não seja uma pessoa pega de surpresa, com a falta dessa vitamina em sei corpo.

O que é a vitamina B12?

A vitamina B12, também conhecida como cobalamina, é uma vitamina solúvel em água que é necessária para a formação correta das células vermelhas do sangue, função neurológica, e síntese de DNA.

A B12 é naturalmente encontrada em produtos de origem animal, como carne, peixe, aves, ovos, leite e outros produtos lácteos.

Ela não está disponível em produtos à base de plantas, mas certos alimentos como cereais, leites de nozes e levedura nutricional são fortificados com B12 bio disponível – tornando mais fácil para os vegetarianos e vegans satisfazer as suas necessidades.

Causas de deficiência de vitamina B12

Causas da deficiência de vitamina B12 são:

  • Gastrite atrófica, uma condição em que o seu estômago torna-se mais fino;
  • Cirurgia que remove parte do estômago ou do intestino delgado;
  • Doença de Crohn, doença celíaca, o crescimento bacteriano, ou um parasita que afeta o Intestino delgado;
  • Beber compulsivamente;
  • Alguns distúrbios do sistema imunológico;
  • Uso a longo prazo de medicamentos redutores de acidez;
  • Uma dieta vegetariana ou vegan, onde B12 não é suplementado

Sinais de deficiência de vitamina B12

Alguns sinais de que você pode não estar recebendo B12 suficiente em sua dieta, incluem:

A Perda de Visão

Se sua visão não é o que costumava ser, pergunte a si mesmo se você está comendo fontes suficientes de vitamina B12, ou complementado com uma alta qualidade de vitamina B12.

A deficiência de B12 é relacionada com a perda visual de diversas maneiras.

Uma dessas condições é a neuropatia óptica, uma causa frequente de perda de visão devido a danos no nervo óptico.

Um estudo de caso de 2005, publicado no European Journal of Internal Medicine, constatou que um homem de 68 anos que teve diminuição da visão central durante meses. Nele, foram encontrados níveis muito baixos de B12, mas, uma vez que ele começou a suplementação com esta vitamina essencial, a sua visão melhorou gradualmente.

Os pesquisadores por trás do estudo dizem que a neuropatia óptica é uma doença rara, porém uma alarmante manifestação de deficiência de vitamina B12.

Um estudo mais tarde descobriu que crianças com autismo que não comem muitos alimentos de origem animal, desenvolveram neuropatia óptica causada por uma deficiência de vitamina B12. A suplementação inverteu os problemas de visão.

Outra condição conhecida como degeneração macular relacionada com a idade (AMD) – a principal causa de perda de visão em os EUA para aqueles com idade de 50 anos ou mais – também foi associada com a vitamina B12.

Neste caso, enquanto a deficiência não foi comprovada que leva a AMD, a suplementação com vitamina B12 foi recomendada para melhorar a visão em pacientes com esta doença.

Em uma pesquisa de 2009, foram examinados os efeitos das vitaminas B (ácido fólico, B6 e B12) sobre a degeneração macular.

Mais de 5.000 mulheres foram acompanhadas por mais de 7 anos. Elas foram convidadas a completar diariamente suas dietas com uma das vitaminas do complexo B, ou simplesmente um placebo.

No final do estudo, houve 55 casos de DMRI no grupo da vitamina B versus 82 no grupo placebo, indicando que a suplementação de vitamina B diariamente pode diminuir o risco de desenvolvimento de degeneração macular em mulheres.

Outra pesquisa mostrou que o tratamento de pacientes com glaucoma com B12 extra pode diminuir a quantidade de perda de visão em pessoas que sofrem desta doença.

Dificuldades Cognitivas

A falta de vitamina B12 pode afetar a sua função cognitiva e pode levar ao encolhimento do cérebro.

Em 2011, uma pesquisa realizada no Centro Médico da Universidade Rush, em Chicago, verificou-se que os idosos com baixos níveis de vitamina B12 no sangue têm um maior risco de encolhimento do cérebro e perder suas habilidades cognitivas.

Dos 121 indivíduos com idade de 65 anos que foram testados, aqueles que tinham quatro de cinco marcadores para a deficiência de vitamina B12, eram mais propensos a ter os resultados dos testes cognitivos mais baixos e menores volumes totais cerebrais.

Baseados no teste de 2008, que também mostra que a falta de B12 pode levar ao encolhimento do cérebro nas pessoas idosas.

É interessante notar que, no estudo de 2008, nenhum dos participantes eram realmente deficientes – eles só tinham baixos níveis de B12 dentro da faixa normal.

Outra razão que devemos nos certificar de estar recebendo quantidades suficientes de B12, é para se ver longe da doença de Alzheimer, algo que afeta um em cada nove americanos com 65 anos ou mais velhos.

Um estudo finlandês, publicado na revista Neurology, descobriu que as pessoas que consomem alimentos ricos em vitamina B12, podem reduzir o risco de Alzheimer na velhice.

Depressão

A Depressão afeta cerca de 19 milhões de americanos. Em algum momento de suas vidas, até 25% das mulheres e até 12% dos homens se tornará clinicamente deprimidos. Baixos níveis de B12 no corpo têm sido relacionados com a depressão.

Um estudo de 732 coreanos com 65 anos ou mais, publicado no British Journal of Psychiatry, descobriu que os níveis de vitamina B12 e folato mais baixos podem ser fatores de risco e causar a depressão em idade avançada.

Se a falta de B12 pode causar depressão, então faz sentido que a suplementação com a vitamina pode ajudar em sua recuperação. Várias pesquisas mostram que ela pode desempenhar um papel importante.

Um estudo de 2005 sugere que as doses orais de tanto o ácido fólico e a vitamina B12 são tomados diariamente para melhorar os sintomas de depressão.

Pesquisas anteriores também sugerem que aqueles que sofrem de depressão respondem melhor às suas outras formas de tratamento se eles têm altos níveis de vitamina B12 no sangue.

Mais pesquisas são necessárias para verificar se a suplementação de B12 por si só pode ajudar a sintomas depressivos.

Falta de Vitamina B12: Pode Contribuir para Problemas de sono

Problemas no sono podem ser atribuídos a uma série de condições – como o estresse, apnéia do sono ou excesso de estimulação causada por seu smartphone…

Mas uma deficiência de B12 não diagnosticada pode realmente a razão da falta de padrão de sono.

Isso porque esta vitamina desempenha um papel importante na regulação do seu ritmo circadiano – ou relógio interno.

Todas as manhãs, a B12 ajuda a aumentar a sua resposta corporal à luz. Ela também desativa a sinalização de melatonina (hormônio que deixa você sonolento) em seu cérebro que ajuda você acorda mais disposto.

Um documento de 1991, publicado na revista SLEEP, destaca o efeito positivo da vitamina B12 no ciclo sono-vigília, isso através de dois estudos de caso.

Em ambos os casos, os pesquisadores foram capazes de restaurar distúrbios do ciclo sono-vigília em adolescentes com doses diárias de vitamina B12.

Outro estudo, publicado na mesma revista, detalha um cenário semelhante – desta vez, os pacientes eram uma garota cega de 15 anos com a rotina anormal do sono e um homem de 55 anos com síndrome da fase atrasada do sono.

Ambos se beneficiaram da suplementação de B12 e adquiriram padrões de sono normais.

Também é interessante notar que, uma vez que a suplementação era pausada, a jovem de 15 anos voltou para o seu padrão de sono desordenado dentro de apenas dois meses.

O problema da língua

Feridas na língua, lisa, vermelha ou inflamada, conhecido como glossite, é um efeito conhecida como deficiência de vitamina B12.

É uma condição muito desconfortável que pode levar a problemas com a mastigação, deglutição, falar e, em casos raros, bloquear vias aéreas.

Se você sofre de úlceras na língua, ou em sua boca, isso é um sinal de que nem tudo está bem com os seus níveis de vitamina B12.

Um relatório de 1998 mostrou que três pacientes que mostrou uma clara relação entre úlceras na boca recorrentes à uma deficiência de vitamina B12.

Na verdade, lesões orais estão entre um dos primeiros sinais de que você está com falta da vitamina!

Fertilidade e Aborto

As mulheres que têm dificuldades para engravidar, ou sofrem abortos espontâneos, é recomendável fazer exames de sangue para medir os níveis de vitamina B12.

Em 2001, os pesquisadores examinaram a relação entre infertilidade e perda fetal recorrente com deficiência de vitamina B12.

Quando eles analisaram os históricos médicos de 14 pacientes com 15 casos de deficiência de vitamina B12, eles descobriram que a infertilidade (de dois a oito anos) esteve presente em quatro casos, e perda fetal recorrente era uma característica em 11.

Em seis dos casos, a perda fetal recorrente foi seguida por períodos de infertilidade superiores a um ano.

Em um estudo maior no ano seguinte, 110 mulheres com inexplicáveis princípios de abortos recorrentes e 96 mulheres com um ou mais filhos e sem história de aborto, tiveram seus níveis de B12 no sangue verificados.

Dez das 110 mulheres foram detectadas com níveis baixos de vitamina B12 contra apenas uma no grupo de controle.

Além do mais, a suplementação de vitamina B12 levou quatro de cinco mulheres à gestações normais.

Os autores afirmam que, com base neste estudo e outros, existe uma relação significativa entre a deficiência de vitamina B12 com o aborto.

Os homens que são deficientes em vitamina B12 também podem estar tendo problemas de fertilidade.

Pensa-se que baixos níveis de vitamina B12 causam danos genéticos das células espermáticas.

Injeções diárias de vitamina B12 estão sendo relacionadas com o aumento da fertilidade em homens com baixa contagem de espermatozóides, sendo que 27% dos participantes de um estudo apresentaram um aumento significativo na contagem de esperma.

Anemia

Você já foi diagnosticado com anemia ou suspeita ter?

Isso pode ser porque, sem B12 suficiente, seu corpo não pode produzir todas as células vermelhas no sangue que são necessárias.

O sintoma mais comum da anemia é a fadiga, mas você também pode sofrer de falta de ar, tonturas, dor de cabeça, mãos e pés frios, e dor no peito.

Foram estudados 20 indivíduos saudáveis e 33 indivíduos com anemia perniciosa (anemia B12). os pesquisadores encontraram grandes diferenças entre os dois grupos.

Os indivíduos saudáveis possuíam ​​em média 532 microgramas por mililitro de B12 presente no sangue, mas os pacientes anêmicos em média, possuíam apenas 39 microgramas por mililitro, e nenhuma vitamina B12 livre foi detectada.

Hiperpigmentação da pele

Hiperpigmentação é uma condição comum e geralmente inofensiva, onde manchas da pele tornam-se de cor mais escura do que o restante da pele.

Isso acontece por causa de um excesso de melanina, o pigmento castanho que produz a cor normal da pele.

Certas condições médicas como gravidez e drogas de prescrição, podem causar esta descoloração. Mas isso pode também ser deficiência da vitamina B12!

De acordo com a pesquisa publicada com base de relatos de casos em Hematologia, alguns pacientes com deficiência de B12 apresentaram manchas escuras pela pele.

Esta descoloração desapareceu com a suplementação. Os pesquisadores recomendam que a deficiência de vitamina B12 deve ser considerada em pacientes com hiperpigmentação.

Outros sintomas

Além dos listados acima, existem outros sinais de falta de B12, tais como:

  • Fraqueza, cansaço, ou atordoamento;
  • Palpitações do coração e falta de ar;
  • Pele pálida;
  • Obstipação, diarreia, perda de apetite, perda de peso, gases, problemas nervosos como dormência ou formigamento, fraqueza muscular e problemas para caminhar

Qual a quantidade de B12 que preciso?

O Instituto de suplementos dietéticos recomenda que todos os adultos devem obter cerca de 2,4 microgramas de vitamina B12 por dia, mulheres grávidas e lactantes precisam de um pouco mais.

Você pode obter B12 em carnes, laticínios, ovos e peixes. Fígado bovino e mariscos são duas das melhores fontes.

Se você não comer produtos de origem animal, ou tiver mais de 50 anos de idade, você deve procurar obter a partir de alimentos fortificados que oferecem B12 biodisponível, ou um suplemento B12 de alta qualidade.

Deixe-me saber mais sobre suas experiências! Você está com deficiência de vitamina B12? Como você tem certeza que obtêm o suficiente dessa vitamina?


Quer Mais Conteúdos Direto em Seu e-mail?

Para receber em primeira mão, todos os artigos que forem publicados aqui no meu blog, assine a minha Newsletter abaixo. É gratuito.

* indicates required


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *