Skip to main content

10 Alimentos que Engordam Quase Nada

Não seria ótimo se houvesse uma comida maravilhosa que você poderia consumir em grande quantidades, sem se preocupar em engordar ou em efeitos negativos para a saúde?

Infelizmente, enquanto ainda não existe esse alimento, temos que ficar atentos à nossa dieta e elaborar corretamente o nosso cardápio.

No entanto, existem alguns alimentos que você pode ter sempre na sua alimentação, que tem alto poder de saciação e que não causam grandes problemas na sua dieta.

Alimentos ricos em proteínas e fibras são o foco principal, são alimentos que você pode optar e sem se sentir culpado depois de consumi-los.

Então, sem alongar demais, confira os 10 alimentos que você pode consumir em grandes quantidades e que saciam a fome.

Brócolis

Se você é um leitor assíduo desse blog, já deve conhecer o meu grande amor pelos brócolis.

Mesmo que você não ache o sabor muito bom, vale a pena comer por causa de todo o valor nutricional que ele oferece.

Brócolis tem um alto teor de fibras e água, o que significa que tem relativamente poucas calorias por porção.

Se você está sempre tentando descobrir a melhor maneira de encher seu prato, cobrir metade dele com brócolis é uma boa maneira de saciar-se e livre de culpa.

Por causa das fibras do brócolis, ele também ajuda na sua digestão, e o sulforafano, antioxidante encontrado dentro dele, ajudará a apoiar as bactérias saudáveis ​​que vivem em seu intestino, ajudando até contra o câncer.

E, graças as grandes quantidades de cálcio, isso inibe a capacidade do seu corpo de armazenar gordura – comer grandes porções de brócolis, embora ainda não tenha sido comprovado – pode ajudar também na perda de barriga.

Ovos

Alguns consideram os ovos como ouro, por causa da sua proteína. Eles são simplesmente uma das melhores fontes do teor de proteína – isso explica porque muitos atletas os consomem constantemente.

Já viu aquele filme onde um lutador bebe um copo de ovos crus todos os dias no café da manhã?

Há uma razão para isso.

Os ovos são baratos, e podem ser feitos de inúmeras maneiras, e são uma das formas mais convenientes de se obter tanta proteína através de suas calorias totais.

Mas certifique-se de comer tanto a clara quanto a gema, pois elas se completam nas proteínas.

Além disso, os ovos também contêm vitamina D e o colesterol “bom”, sendo que ambos são bons para tonificar e para a construção muscular.

Então, se você estiver procurando uma forma ideal de se começar o dia com muita prteína, opte pelos ovos no café da manhã.

Quinoa

É sem dúvida um alimento que devemos incluir em nossas mesas de jantar. Se os antigos Incas comiam antes de irem para batalhas, nós também podemos tirar algum proveito disso.

Quinoa é rica em algo chamado proteína completa, contendo todos os aminoácidos essenciais necessários para as suas necessidades dietéticas.

Estes são normalmente encontrados em carnes magras, aves, peixes, ovos e laticínios. Comer este alimento à base de plantas vai te proporcionar muitos dos principais benefícios de se comer carne.

Essencial para os vegetarianos e os veganos.

Quinoa é também uma grande fonte de fibra, 12 gramas de fibra por porção – o que significa que uma porção de proteína irá dar-lhe quase a metade de fibra necessária para o seu dia.

Devido a esta quantidade generosa de fibras, a quinoa pode ajudar a reduzir o colesterol, melhorar a saúde do cólon e aumentar a saciedade – deixando você mais saciado depois de comer.

Carne magra

Houve uma confusão considerável na mídia a respeito de carne vermelha.

Alguns sugerem que elas podem ser cancerígenas, enquanto outros discordam e incentivam a comer carne vermelha regularmente em sua alimentação.

Estou confortável ao saber que a ciência vai chegar até o fundo dessa questão. Enquanto isso você pode continuar comendo carnes magras. Não todos os dias.

O que é correto dizer é que a carne magra possui um alto índice de proteínas, como vitamina B12 e outros nutrientes importantes, como os ácidos graxos, ômega-3 e vitamina antioxidantes.

Contém também nutrientes de fortalecimento muscular, como creatina e zinco.

No entanto, a carne não é certamente uma escolha de calorias zero.

Tenha cuidado ao comer em demasia, porque ela pode ser difícil para seu metabolismo. Se a sua dieta já possui muita carne vermelha, certifique-se de aumentar os seus exercícios e encontrar equilíbrio em sua ingestão calórica.

Salmão

Eu falei a respeito do salmão ultimamente, e eu sou muito rápido em indicá-lo para qualquer tipo de dieta.

Mas você se pergunta: O salmão não é cheio de gordura?

Sim, com certeza. Mas não é o tipo de gordura que você tem que se preocupar. O salmão contém ácidos gordos ômega-3 que, se você não sabe ainda, são super benéficos para o corpo e a mente.

Lembre-se que eu estava falando sobre encontrar algo perfeito para encher seu prato e saciar sua fome?

Se o brócolis é benéfico, um excelente complemento seria uma generosa porção do maravilhoso e delicioso salmão.

Se você quiser ter certeza de que está recebendo um salmão saudável, procure salmões na natureza, e não os vendidos em mercados.

Estudos descobriram que salmões criados em fazendas contém mais pró-inflamatórios ômega-6 e menos ômega-3 do que o salmão selvagem.

Soja

Algumas pesquisas mostraram que a soja é muito eficaz na construção muscular e queima de gordura, além de possuir a proteína de soro de leite, um dos produtos mais respeitados lá fora, para aficionados em fitness.

Isso porque é uma das poucas proteínas de origem vegetal que contém todos os aminoácidos essenciais.

Se você optar por lanche em alimentos de soja de alta proteína, estudos têm mostrado que reduz o apetite, aumenta a sua saciedade, e até melhora o seu humor e capacidade mental.

Comer uma meia xícara de edamame (um preparado feito com grãos de soja ainda dentro da vagem), por exemplo, irá fornecer-lhe 8 gramas de proteína e apenas 95 calorias.

Por causa dos efeitos que a proteína tem no seu nível de digestão e saciedade, é compreensível que a soja é uma ótima escolha para ficar saciado, evitando engordar.

Frango

Frango é uma das melhores fontes de proteína. Não porque ele tem o maior valor que você pode encontrar, mas porque a carne é magra, e você vai estar se saciando com gorduras saudáveis.

A proteína na carne de frango acelera seu sistema digestivo e o metabolismo em alta velocidade, fazendo você queimar mais calorias, mesmo quando está em repouso.

Embora o frango pode conter mais calorias do que vegetais, ele irá fornecer o seu corpo com energia e proteínas, que o irá impedir de se sentir excessivamente com fome durante o dia depois de ter comido o suficiente.

Dica: se você está tentando perder gordura, escolha assar ou grelhar o frango em vez de fritá-lo. E não exagere adicionando quantidades de gordura ou molhos salgados.

Búfalo

Eis um alimento que foi descoberto recentemente pelas pessoas que gostam de carne e são preocupados com a saúde – búfalos. Se você ainda não teve a coragem, sugiro que experimente quando tiver a chance.

Carne de búfalo é mais magra de que muitas outras carnes magras.

100 gramas de carne de búfalo possuem de 2 a 3 gramas de gordura apenas, em comparação com os consideravelmente mais elevados 8 a 9 gramas de um corte de tamanho similar de carne vermelha.

Uma equipe de pesquisadores de Cleveland e Salt Lake City, os centros médicos estudaram os efeitos de participantes que se alimentaram com porções de búfalo, seis dias por semana, durante sete semanas.

Depois disso, pelo mesmo período, voltou a comer carne de vaca.

No final, os pesquisadores concluíram que a carne de búfalo representava uma redução significativa do risco para a saúde cardiovascular, graças ao menor número de marcadores de inflamação e estresse oxidativo.

Isso significa que, se você está com vontade de comer carne, mas não quer correr o risco de se alimentar de carnes com um teor de gordura potencialmente negativos, opte por carne de búfalo..

Aipo

O aipo é referido como um alimento “de caloria negativa“. O aipo é um alimento que faz você gastar mais energia o consumindo do que calorias com o próprio alimento.

Isso acontece porque o aipo é 75% de água e os outros 25% é mais fibras e outros alimentos grosseiros. É um alimento livre de calorias.

Mas é preciso apreciar o sabor do aipo.. Se você é uma dessas pessoas, você absolutamente deve incluí-lo mais vezes em sua rotina de dieta, porque seus nutrientes (vitaminas C, A e K) são impressionantes, sua fibra irá aumentar a sua saúde digestiva.

Ervilhas

Essas pequenas bolinhas verdes são muito pouco apreciadas pela população.

Isso pode ser por causa de uma aversão que algumas pessoas desenvolveram à elas, especialmente considerando quantas vezes eles foram a parte mais chata do prato quando éramos crianças.

Mas eles merecem muito, mais muito respeito do que isso, com certeza.

As ervilhas são grandes fontes de proteínas, fibras, micronutrientes, antioxidantes e outras vitaminas e minerais que os ricos em nutrientes fazem.

Uma única xícara de ervilhas tem menos de cem calorias, e tem todos estes benefícios nutricionais.

As ervilhas contêm tanta proteína que elas se tornaram populares na comunidade fitness, graças a facilidade com que são digeridos, juntamente com os seus elevados níveis de construção muscular, queima de gordura, compostos como glutamina e aminoácidos de cadeia ramificada.

Proteínas em pó das ervilhas já estão até sendo comercializadas.

Algumas fontes vegetais não foram recomendadas por conter níveis elevados de antinutrientes, que pausam a forma como os processos do corpo absorvem os sais minerais.

Já as ervilhas não contêm quaisquer compostos antinutrientes.

Então, por favor, se você está procurando uma boa comida para comer sem culpa, dê uma chance para as ervilhas.

Conclusão

Isso não é tão complicado, não é?

A maioria destes alimentos provavelmente já estão em sua cozinha, e eles não são difíceis de se encontrar. E uma das melhores coisas dessa lista é que esses alimentos funcionam muito bem juntos

Então, comece a misturar e combinar esses alimentos em uma base regular de sua dieta bem equilibrada.

Manter o peso pode ser complicado – isso é certo.

Mas se você souber escolher os alimentos que te saciam e são de baixo nível de gordura, pode-se dizer que já é meio caminho andado!


Quer Mais Conteúdos Direto em Seu e-mail?

Para receber em primeira mão, todos os artigos que forem publicados aqui no meu blog, assine a minha Newsletter abaixo. É gratuito.

* indicates required


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *